Mamoplastia

Nos últimos dois anos, o número de cirurgias plásticas realizadas cresceu rapidamente, principalmente no Brasil, que lidera o ranking. Isso mostra que os brasileiros estão cada vez mais insatisfeitos com sua aparência. A cirurgia mais realizada é a Mamoplastia, procurada principalmente por jovens. Ela pode ser de dois tipos: redução ou aumento.

Implantes de aumento servem para dar volume aos seios ou restaurá-los após uma perda, assim melhorando o equilíbrio do seu corpo. São comuns também na reconstrução da mama após uma mastectomia ou lesão. A durabilidade da prótese é variável, sendo necessária uma substituição dos implantes no tempo recomendado. Alguns fatos que podem influenciar na decisão do implante são: a gravidez, a perda de peso e a menopausa.

Por outro lado, a redução remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir um tamanho da mama proporcional ao seu corpo, aliviando o desconforto. Seios muito grandes podem causar sérios problemas emocionais e de saúde, prejudicando a vida ativa da mulher. Após o procedimento, o novo tamanho da mama ajudará a aliviar a dor e as limitações físicas antigas, proporcionando uma nova autoestima e autoconfiança. Porém, ao longo do tempo, os seios podem mudar devido ao envelhecimento, oscilações de peso, fatores hormonais e à gravidade.

Um fato que nos chama muito a atenção é a procura cada vez maior da mamoplastia por jovens a fim de melhorar sua autoestima. É a cirurgia mais popular entre eles, tanto o aumento quanto a redução. O número de cirurgias plásticas realizadas em adolescentes dobrou em quatro anos.

O Ares possui um centro cirúrgico moderno e completo, além de uma equipe altamente qualificada para realizar a mamoplastia com conforto e segurança, assim garantindo os resultados desejados.

MEMBRO DAS SOCIEDADES MÉDICAS
MEMBRO DAS SOCIEDADES MÉDICASMEMBRO DAS SOCIEDADES MÉDICAS
X